De Frente Com Fabi: "Van Rodrigues"

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012
Oiiiieeee!!!

Depois de mais um sumiço e de algumas postagens "off-topic", eis que estou de volta para falar de emagrecimento, afinal, o objetivo deste blog!

Abaixo vocês podem conferir a "entrevista" que fiz com uma das minhas inspirações da cirurgia bariátrica! Um exemplo de sucesso... espero que gostem!

Bjossss

DE FRENTE COM FABI:


VANESSA REGINA RODRIGUES

32 anos, operada há 7, chegou a pesar 228kg e para ser submetida à cirurgia,
teve de emagrecer. Morou quatro meses em um SPA e em 26/04/2004 operou
com cerca de 190kg. Já realizou 6 cirurgias plásticas e está cada dia mais
linda, mais jovem e mais feliz.



Trakinas Diet: Fala um pouco pra gente do seu peso à época da cirurgia, médico e método utilizado.
Vanessa Regina Rodrigues: Operei com 25 anos, em 26/04/2004 com cerca de 190kg distribuídos em 1,70m de altura. Meu médico foi o Dr. Elias (Alexandre Amado Elias) do Instituto Garrido e a cirurgia foi a By Pass com Y de Roux. Antes da cirurgia eu morei 4 meses em um spa, pois tive de emagrecer para ser operada (estava com 228kg).



TD: Quantos kilos você eliminou no total?
VRR: Até agora foram 145kg.



TD: Em relação às cirurgias plásticas, quantas você realizou até agora? Você está satisfeita ou pretende fazer mais alguma?
VRR: Até agora foram 6 plásticas (braços, mamas, abdome, coxas, pernas e bumbum). Ainda não estou satisfeita e precisarei fazer mais algumas, pois como a perda de peso foi grande eu não consegui tirar todo o excesso de pele que precisava nestas plásticas. Ainda farei pernas e coxas mais uma vez, e farei também uma torsoplastia (costas, lateral e bumbum).



TD: Agora conta pra gente: por que você decidiu fazer a cirurgia bariátrica? Você já havia tentado outros métodos, outras dietas?
VRR: Encarei a cirurgia bariátrica como a última solução. Eu já havia tentado milhares de dietas e sempre emagrecia 30, 40kg e engordava o dobro. Quando decidi pela cirurgia eu já estava no fundo no poço. Estava no último ano da faculdade e tive que trancar pois não conseguia andar mais. Cheguei a ficar 1 ano sem sair de casa, pois não conseguia devido ao peso que tinha chegado.



TD: E você teve medo de fazer a cirurgia? Se arrependeu em algum momento, ou se arrepende?
VRR: Eu tive muito medo! Na época que operei a cirurgia não era tão comum quanto é agora, eu não tinha muita informação, eu não conhecia ninguém que tinha operado. Mas, fui em frente, mesmo com algumas pessoas tentando me convencer a não operar. Pensei que de qualquer jeito eu morreria. Eu poderia morrer em cima de uma cama com o peso que eu estava ou na mesa de cirurgia, mas pelo menos eu teria tentado mudar algo. Não me arrependo de nada! Agradeço à Deus e à minha família todos os dias pelo apoio e pela chance de mudar de vida.



TD: E a que você atribui o ganho de peso que culminou com a cirurgia?
VRR: Eu sempre fui gordinha desde muito pequena. A primeira vez que fui ao endocrinologista para fazer um regime foi aos 6 anos. Ali começaram os processos de dietas rígidas e remédios para emagrecer. Eu emagrecia um pouco e engordava tudo de novo, e mais um pouco! Quanto à comida, eu nunca fui de comer muita comida, mas comia muito doce, muito mesmo! Acho que a união de tudo isso me fez passar dos 200kg.



TD: Agora vamos falar do pós-cirúrgico: você tem dumping? Se sim, com o quê? E quais são os sintomas para você?
VRR: Eu tenho dumping e sou muito feliz por ter (risos). Passo mal com doces, gorduras, leite, açúcar e comidas pesadas. Sinto muito enjoo, sonolência, moleza, etc.



TD: Você indica a cirurgia para outras pessoas ou acha que é apenas para casos realmente extremos?
VRR: Sim, indico sem dúvida, mas com responsabilidade. Sou contra pessoas que engordam para operar, pois como toda cirurgia, a bariátrica tem riscos. E é importante pesquisar, participar de palestras, conversar com pessoas que são operadas e claro, procurar um médico que tenha feito outras cirurgias com sucesso. Hoje em dia, com a internet, é muito fácil pesquisar sobre o médico.



TD: Como você administra o medo de voltar a engordar?
VRR: Eu tenho muito medo de voltar a engordar, então procuro controlar a alimentação durante a semana para poder aproveitar um pouquinho no fim-de-semana.



TD: Bom, para terminar, gostaria que você fizesse um breve resumo do que a cirurgia significa para você, como você se sente hoje, o que prevê para o futuro...
VRR: A cirurgia surgiu na minha vida como uma nova chance de viver. Hoje a minha vida é totalmente diferente: faço o que tenho vontade sem me preocupar se os outros estão olhando, entro nos lugares com a cabeça erguida. Hoje sou confiante! Gosto de mim, sou muito bem sucedida em meu trabalho. Enfim, a minha vida agora é outra.

No futuro tenho certeza que estarei do mesmo jeito que estou hoje, ou melhor, pois sempre que sinto que estou perdendo a força, eu olho as minhas fotos e recupero novamente. Não quero nunca mais ser como eu era.


TD: Obrigada, Van, por dividir a sua história conosco! :)
VRR: Eu que gostaria de agradecer esta moça linda que é a Fabi, pela honra de ser entrevistada por ela. E fico feliz em saber que a minha história vai servir de incentivo para outras pessoas que estão passando pelo que passei. Obrigada! Super beijo!



************************
Van,

Eu que agradeço mais uma vez!Você é uma das minhas inspirações! Continue com esta força! Nosso orgulho!
Beijos,
<3
Fabi

14 comentários:

  1. Nah disse...:

    Nossa muito legal! Força de vontade e foco é o nome de tudo!

    Beijos

  1. disse...:

    Que exemplo, heim!!! Ela está lindona!
    Beijocas!

  1. Ana Paula disse...:

    Nossa simplesmente adorei esse post...
    Pra quem vai operar dia 10/01, estou me sentindo super segura, porém com medo...rsrs..
    Bjs.

  1. Anônimo disse...:

    Van, parabéns por essa incrível vitória. Eu não conhecia a sua história e te acho uma vencedora.
    Fabi, parabéns pelo post, ficou muito bom e a entrevista está perfeita e sem duvida nenhuma voce é uma vencedora nata que eu amo demais, apontaram todas as pesquisas.
    Tudo que foi dito, serve de inspiração para muitas outras pessoas.

    Eu amo muito Voce. Bjssss

  1. Anônimo disse...:

    Minha irmã é uma vencedora, tenho muito oprgulho de vc Vanessssss, obrigada pela oportunidade Fabi, beijo grande
    Valéria (irmã da vanesssss)

  1. Daniela disse...:

    Super historia! E que legal o post!

    Bjs!

  1. Tania disse...:

    Ótima entrevista,Parabéns!!!

  1. Fabiana Ceoli disse...:

    A Van é um exemplo!!!
    Bjsss

  1. Fabiana Ceoli disse...:

    Está mesmo! Ela é um exemplo de vida!
    Bjssssssss

  1. Fabiana Ceoli disse...:

    Força! Deus está com você!
    Beijossssssss

  1. Fabiana Ceoli disse...:

    Brigado por tudo, sempre!
    Te amo

  1. Fabiana Ceoli disse...:

    Sua irmã é minha inspiraçãooooo!!!!
    Adoro!!!
    beijos

  1. Fabiana Ceoli disse...:

    Obrigada ;)
    Super beijo!

  1. Fabiana Ceoli disse...:

    Obrigada, Tânia!
    Beijão

Postar um comentário